Chapada dos Guimarães: beleza intrigante

Visitando: Chapada dos Guimarães

Segundo estudiosos, há centenas de milhões de anos, a Chapada dos Guimarães já foi mar, deserto, floresta e até habitat de dinossauros. Esta história é comprovada pelos fósseis e formações geológicas encontradas ali. Atualmente, a região faz parte do Parque Nacional de mesmo nome, que preserva uma formação de chapadões e cerrado com várias cachoeiras, corredeiras e cavernas, atrações imperdíveis para os amantes da natureza

São necessários em torno de três dias inteiros para conhecer as principais atrações da Chapada dos Guimarães: a Cachoeira Véu de Noiva, o Mirante do Centro Geodésico, o Circuito das Cachoeiras, as cavernas Casa de Pedra, Aroe-Jari e Kiogo Brado, a Lagoa Azul e o topo do Morro São Jerônimo.

A cachoeira Véu de Noiva é formada dentro de uma larga garganta esculpida pelas águas entre os chapadões e é considerada símbolo da região. Ela pode ser vista a partir de um mirante perto da entrada do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, com acesso através de uma trilha curta e fácil.

Ainda no Parque, o Circuito das Cachoeiras é um atrativo muito procurado. O percurso leva aproximadamente cinco horas e inclui visitas a sete quedas d’água.

Para mais informações, fale com nossos consultores


Compartilhar
4
Dias



FOTOS

  • Chapada dos Guimarães: beleza intrigante
  • Chapada dos Guimarães: beleza intrigante
  • Chapada dos Guimarães: beleza intrigante